Skip to content

Archive for agosto, 2013

31
ago

Crack e cocaína avançam entre as mulheres em São Paulo

Fonte: Agência Brasil

Nos últimos quatro anos, mudou o perfil das mulheres dependentes químicas, que procuram tratamento no ambulatório do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Se antes as mulheres que procuravam tratamento no Programa da Mulher Dependente Química (Promud) eram em maior número de dependentes de álcool, hoje a maioria é de mulheres dependentes em drogas ilícitas.

Entre 1996, quando o Promud começou a funcionar, até 2008, 60% dos casos atendidos no programa correspondiam a mulheres alcoólatras e 40% eram dependentes de drogas. No entanto, a partir de 2009, o número foi invertido: 60% dos casos passaram a representar mulheres dependentes de cocaína e crack e o alcoolismo passou a somar 40% dos atendimentos.

O estudo, que está em andamento e deverá ser divulgado em outubro, durante o Congresso Brasileiro de Psiquiatria, em Curitiba, mostra que houve mudança na faixa etária das mulheres que buscam tratamento, com aumento de dependência das mulheres acima de 30 anos, o que era raro. Read moreRead more

30
ago

Governo propõe salário mínimo de R$ 722,90

Fonte: Agência Brasil

O novo valor do salário mínimo deverá ser R$ 722,90. O anúncio foi feito há pouco pela ministra do Planejamento, Miriam Belchior. Ela esteve no Congresso para entregar ao presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), a peça orçamentária de 2014. O texto deve ser votado pela Câmara e pelo Senado até o fim do ano.

O reajuste passa a valer em 1º de janeiro de 2014. O valor atual do mínimo é R$ 678.

“O novo valor incorpora a regra de valorização do salário mínimo que tem sido uma política importante de alavancagem da renda das famílias no Brasil, que tem nos levado a patamares de qualidade de vida muito superiores”, disse Belchior.

30
ago

Dez maiores cidades concentram 41% dos habitantes do PR

Fonte: Gazeta do Povo

Número de paranaenses chega a 10,9 milhões em 2013, com 20 cidades com mais de 100 mil habitantes. Estimativa é de que Curitiba tenha 1.848.943 habitantes

As dez maiores cidades do Paraná concentram 41% de toda a população do estado, apontou nesta quinta-feira (29) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados, divulgados no Diário Oficial da União, mostram que, em 2013, já são 10.997.465 paranaenses. Destes, 4,5 milhões moram nas dez mais populosas.

A lista das maiores cidades continua inalterada em relação aos dados divulgados no ano passado. Curitiba é a maior cidade, com 1.848.943 habitantes. A capital é mais de três vezes maior que a segunda colocada, Londrina, que soma 537.566 moradores. Em terceiro lugar aparece Maringá, que atualmente conta com 385.753 habitantes, conforme o IBGE.

Completam o ranking das dez maiores cidades, assim como em 2012, Ponta Grossa (331.084), Cascavel (305.615), São José dos Pinhais (287.792), Foz do Iguaçu (263.508), Colombo (227.220), Guarapuava (175.779) e Paranaguá (148.232). Read moreRead more

30
ago

Carreiras tradicionais têm destaque no mercado, mostra estudo

Fonte: O Estado de S. Paulo

Medicina, Odontologia e Engenharia Civil são áreas em que há boa remuneração e facilidade de encontrar emprego

O que você quer ser quando crescer? Para responder a essa tão repetida pergunta, além de questões existenciais e inspirações vocacionais, três pontos costumam ser considerados na escolha de uma carreira: vou conseguir emprego, ganharei bem e, se possível, terei uma jornada de trabalho não muito extensa? O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), do governo federal, criou um ranking com essas variáveis para entender qual carreira tem maior potencial de retorno.

Com base em dados do Censo de 2010, o instituto chegou a várias conclusões. Em qual carreira, na média, se ganha mais? A resposta é Medicina, com R$ 6.940 mensais, ante Turismo, Viagem e Lazer, com R$ 2.884,15 (última posição em um ranking de 43). Quem trabalha mais? Setor militar e de defesa, com 42,46 horas semanais. E quem, em idade ativa, tem mais chance de conseguir trabalho? Medicina aparece no topo outra vez, com uma taxa de ocupação de 91,8%. Read moreRead more

29
ago

Novo salário mínimo não prejudicará a criação de empregos, diz ministro do Trabalho

Fonte: Agência Brasil

O ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, disse hoje (29) que o aumento do salário mínimo não prejudicará a geração de empregos e o esforço fiscal do governo previsto para 2014. O novo mínimo, previsto no Orçamento (R$ 722,90), deverá entrar em vigor em 1º de janeiro de 2014.

“Não vai impactar [o esforço fiscal]. O governo tem o controle das contas, tem superávit para administrar, também, a questão do dólar. O governo tem o controle de todos os setores para não incorrermos em qualquer perigo de insucesso”, disse em entrevista antes de evento no Centro de Integração Empresa-Escola, na capital paulista.

A meta de superávit primário (economia para pagar os juros da dívida pública) no próximo ano poderá ficar acima de 2,1% do Produto Interno Bruto (PIB), estipulados na proposta de Orçamento Geral da União de 2014. Segundo o Ministério da Fazenda, o percentual anunciado pelo governo representa o limite mínimo de esforço fiscal. O projeto enviado hoje ao Congresso Nacional estabelece esforço fiscal de R$ 109,4 bilhões (2,1% do PIB), menor que a meta de R$ 111 bilhões (2,3% do PIB) definida para este ano. Read moreRead more

29
ago

Campanha para atualizar caderneta de vacinação termina amanhã

Fonte: Agência Brasil

Termina amanhã (30) a campanha nacional para atualizar a caderneta de vacinação de crianças menores de 5 anos. Todas as vacinas do calendário básico estão disponíveis nos postos de saúde. O objetivo da campanha é vacinar as crianças que não estiverem com a caderneta em dia. O público nessa faixa etária é estimado em 14,4 milhões de crianças.

Na campanha, são oferecidas todas as vacinas do calendário básico infantil: BCG, hepatite B, penta, inativada poliomielite (VIP), oral poliomielite (VOP), rotavírus, pneumocócica 10-valente, meningocócica C conjugada, febre amarela, tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba) e DTP (difteria, tétano e coqueluche). É importante levar a caderneta de vacinação, mas caso ela tenha sido perdida, o Ministério da Saúde recomenda que mesmo assim os pais levem os filhos para o posto mais próximo da residência, onde os profissionais vão procurar o histórico da criança.

As crianças com mais de 6 meses e menos de 5 anos que moram nas regiões Norte e Nordeste e em municípios prioritários do Plano Brasil sem Miséria poderão também receber suplementação de vitamina A. O complemento contribui para reduzir o risco de morte por diarreia e ajuda no desenvolvimento das crianças.

29
ago

Copom eleva taxa básica de juros para 9% ao ano e muda regra da poupança

Fonte: Agência Brasil

Copom divulgou nota na qual informa que “avalia que essa decisão contribuirá para colocar a inflação em declínio e assegurar que essa tendência persista no próximo ano”

O Banco Central anunciou na noite desta quarta-feira (28) que a taxa básica de juros (Selic) será elevada em 0,5 ponto percentual, passando dos atuais 8,5% para 9% ao ano, a partir de quinta-feira (29), e com validade para os próximos 45 dias. A decisão é do Comitê de Política Monetária (Copom), que esteve reunido nesta terça (27) e quarta (28) para avaliar o desempenho das variáveis econômicas, internas e externas, com foco nas pressões inflacionárias.

Terminada a reunião do colegiado de diretores do BC, o Copom divulgou nota na qual informa que “avalia que essa decisão contribuirá para colocar a inflação em declínio e assegurar que essa tendência persista no próximo ano”. A decisão do comitê foi unânime. Read moreRead more

29
ago

Sem LDO aprovada, governo envia amanhã Orçamento de 2014 ao Congresso

Fonte: Agência Brasil

Sem a aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que só deverá ser votada em setembro pelo Congresso Nacional, o governo envia amanhã (29) ao Congresso Nacional o Projeto de Lei Orçamentária Anual (Ploa) de 2014. A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, entregará a proposta ao presidente do Senado, Renan Calheiros, às 10h30. Às 11h30, Belchior e o ministro da Fazenda, Guido Mantega, darão entrevista coletiva no Ministério do Planejamento para explicar o projeto.

Pela Constituição, o governo deve enviar o Ploa até 31 de agosto ao Congresso. Caso a LDO, que estabelece parâmetros para o Orçamento do ano seguinte, não tenha sido votada, a equipe econômica usa as previsões contidas na proposta original apresentada em abril.

A proposta de LDO prevê salário mínimo de R$ 719,48 no próximo ano, crescimento de 4,5% do Produto Interno Bruto (PIB) e inflação oficial pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 4,5% em 2014. Apesar do ciclo atual de reajuste dos juros pelo Banco Central, o projeto original prevê que a taxa Selic encerrará o próximo ano em 7,25% ao ano.

29
ago

Para Marta, críticas a uso da Lei Rouanet por estilista são ‘briga por espaço’

Fonte: O Estado de S. Paulo

Ministra diz que decisão é estratégia de internacionalização da cultura nacional

Com pedidos de “grandeza” e apelos para que se pense “a cultura como um todo”, a ministra da Cultura, Marta Suplicy, rebateu na quarta (28) as críticas – que chamou de “briga por espaço” – feitas por entidades da área teatral por ter autorizado o uso da Lei Rouanet para apoiar desfiles de moda no exterior.

Na solenidade de posse do novo presidente da Funarte, Guti Fraga, ela defendeu a decisão como parte de uma estratégia maior de Estado brasileiro, de internacionalização da cultura nacional com supostos reflexos na economia e até na política internacional. A iniciativa teria entre seus objetivos o aumento, no exterior, do “soft power” do País. O “poder suave” é um conceito do pensador norte-americano Joseph Nye Jr. e seria constituído pela força da cultura de um país. Read moreRead more

29
ago

Câmara aprova projeto que obriga planos de saúde a custear quimioterapia oral

Fonte: O Esatado de S. Paulo

Novo rol da ANS determina que os planos forneçam 36 tipos de drogas orais a partir de janeiro

A Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou na última terça-feira (27) um projeto de lei que obriga os planos de saúde a pagar quimioterapia oral domiciliar para pacientes que estão em tratamento contra o câncer. O projeto, de autoria da senadora Ana Amélia (PP-RS), recebeu pequenas alterações e retornará ao Senado antes de ser enviado para sanção.

Independentemente do projeto de lei, a partir de janeiro de 2014 as operadoras de saúde já terão de fornecer aos pacientes 36 tipos de medicamentos orais que são indicados para 56 tipos de câncer, entre eles de próstata, mama, colorretal, leucemia, linfoma, pulmão, rim e estômago por conta da resolução da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) que incluiu essas drogas no rol de coberturas obrigatórias dos planos. Read moreRead more