Skip to content

Archive for junho, 2013

25
jun

Servidores da saúde paralisam hospitais estaduais em nove cidades

Fonte: Gazeta do Povo

Parte dos hospitais, entre eles o do Trabalhador, em Curitiba, terá paralisação de atendimento apenas durante reunião entre governo e categoria. Os demais param das 7 às 19 horas

Uma paralisação dos servidores ligados à saúde é realizada em hospitais de ao menos nove cidades paranaenses nesta terça-feira (25). O protesto teve início às 7 horas e deve seguir até o fim do dia em quatro hospitais, de acordo com o Sindicato dos Servidores Estaduais da Saúde do Paraná (SindSaúde) – entidade que organiza a manifestação. Em outros seis, a paralisação deve ocorrer apenas pela manhã. O objetivo é tentar obter reajuste salarial e melhores condições de trabalho para a categoria.

De acordo com a coordenadora do SindSaúde, Eloisa Helena de Souza, quatro hospitais terão os serviços interrompidos por 12 horas, segundo o sindicato. São eles: Hospital Regional de Ponta Grossa, Hospital Regional da Lapa, Hospital Infantil de Campo Largo, e Centro Hospitalar de Reabilitação, no bairro Cabral, em Curitiba.

Outras entidades do estado têm paralisações, mas apenas durante a reunião que ocorre entre representantes da classe e membros do governo do estado. Nesse segundo grupo de hospitais estão as entidades que participaram do último protesto: dois em Londrina (Anísio Figueiredo e Eulalino Inácio de Andrade), um em Paranaguá (Regional do Litoral), um em Francisco Beltrão (Regional do Sudoeste), um em Guaraqueçaba (Regional de Guaraqueçaba) e um em Cascavel (Universitário). Além destes, também há interrupção no Hospital do Trabalhador, em Curitiba. Read moreRead more

25
jun

No último dia, número de candidatos inscritos é de 285,8 mil até as 9h

Fonte: Ministério da Educação

Termina nesta terça-feira, 25, às 23h59, o período de inscrições no Programa Universidade para Todos (ProUni) do Ministério da Educação. Até as 9 horas deste último dia, foram registradas 549,9 mil inscrições de 285,8 mil candidatos a bolsas — cada estudante pode fazer até duas opções de curso.

No processo seletivo deste segundo semestre, o programa oferece 90.045 bolsas — 55.693 integrais — em instituições particulares de educação superior. Para se candidatar, o estudante deve ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e obter no mínimo 450 pontos na média das notas e tirar nota na redação que não tenha sido zero.

O processo prevê duas chamadas. O resultado da primeira será divulgado na sexta-feira 28, pela internet. Desse dia, até 5de julho, o estudante pré-selecionado deve comparecer à respectiva instituição de ensino para aferição das informações prestadas no momento da inscrição, providenciar a matrícula e, se for o caso, participar de seleção própria da instituição. Read moreRead more

24
jun

Em reunião com Dilma, Richa pede mais investimento em saúde

Fonte: Agência de Notícias do Paraná

O governador Beto Richa participou da reunião convocada pela presidente Dilma Rousseff com governadores e prefeitos das capitais em Brasília, nesta segunda-feira (24), no Palácio do Planalto. Richa propôs na reunião que o governo federal invista pelo menos 10% de suas receitas em saúde.

“O que mais estamos vendo é o pedido geral da população por uma saúde de melhor qualidade. Em função disso, estou desde já tratando com outros governadores que essa proposta seja apoiada por outros estados também”, disse Richa.

ENTREVISTA

Antes da reunião, Beto Richa deu entrevista a jornalistas que cobriam o encontro. “Nós sempre estivemos dispostos a contribuir, a fazer parcerias e acho que agora é o momento”, afirmou o governador.

Richa criticou a redução dos repasses do Fundo de Participação dos Estados (FPE) e do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), que traz muitos prejuízos ao Paraná.

“Os municípios do Brasil estão sofrendo muito com a redução drástica do FPM. Os menores, principalmente, que tem nessa receita o maior percentual da sua arrecadação, estão numa situação muito difícil”, afirmou Richa. Read moreRead more

20
jun

Desemprego se mantém em 5,8% em maio, informa o IBGE

Fonte: Agência Estado

Rendimento médio do trabalhador foi de R$ 1.863,60 em maio, após ter sido de R$ 1.869,87 em abril

A taxa de desemprego apurada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nas seis principais regiões metropolitanas do País ficou em 5,8% em maio, no mesmo nível da taxa registrada em abril deste ano e em maio de 2012, informou nesta quinta-feira o instituto ao divulgar a Pesquisa Mensal de Emprego (PME). O resultado ficou dentro do intervalo das estimativas dos analistas ouvidos pelo AE Projeções (de 5,40% a 5,90%), mas acima da mediana projetada, de 5,70%. O rendimento médio real dos trabalhadores registrou variação negativa de 0,3% em maio ante abril, mas aumento de 1,4% na comparação com maio do ano passado.

A massa de renda real habitual dos ocupados no País somou R$ 43 3 bilhões em maio, estável em relação abril. Na comparação com maio de 2012, a massa cresceu 1,5%. Já a massa de renda real efetiva dos ocupados atingiu R$ 43 bilhões em abril, estável em relação ao mês anterior. Na comparação com abril de 2012, houve aumento de 2,1% na massa de rendimento real efetivo. O rendimento médio do trabalhador foi de R$ 1.863,60 em maio, após ter sido de R$ 1.869,87 em abril. A PME é realizada nas regiões metropolitanas do Recife, de Salvador, Belo Horizonte, do Rio de Janeiro, de São Paulo e Porto Alegre.

20
jun

Paraná terá inverno típico, com registro de temperaturas abaixo de zero

Fonte: Gazeta do Povo

Volume de chuvas e marcas dos termômetros devem acompanhar média histórica pela falta da influência dos fenômenos La Niña e El Niño neste ano, segundo diagnóstico do Simepar

O inverno começa nesta sexta-feira (21) e segue até o mês de setembro com temperaturas baixas, mas dentro do normal no Paraná, conforme aponta estudo do Instituto Tecnológico Simepar. O volume de chuvas deve ser parecido com a média histórica, com maior precipitação em junho e períodos mais longos de estiagem no mês de agosto. Há previsão de termômetros abaixo de zero durante o período para todo o estado, com exceção do Litoral.

Reinaldo Kneib, meteorologista do Simepar, diagnostica que neste ano, ao contrário de anteriores, o estado não está sob efeito dos fenômenos El Niño e La Niña. “Principalmente no interior – Oeste, Sudoeste e Centro –, as chuvas devem ficar mais irregulares, com espaçamento maior entre as precipitações. As frentes frias demoram mais que o normal para passar pelo estado, o que diminui a temperatura e faz a chuva ficar mais concentrada em alguns dias”, diz. Read moreRead more

12
jun

Tempos de esporte

Alceni Guerra por meio de sua página do Facebook.

“Os mais lidos pensadores do mundo moderno, como Domenico De Mais, afirmam que o ser humano precisa principalmente de ócio e lazer para ser criativo e produtivo. Sem isto, torna-se medíocre. Nisto, o Brasil está à frente, ele mesmo me disse.Observarem os 16 templos de lazer que estamos construindo para o ano da Copa no Brasil. Vejam a Arena do Grêmio, que ontem deu um espetáculo de brasilidade, lotando de “inimigos” para aplaudir a seleção. Dezesseis monumentais estádios ao mesmo tempo! Agora só faltam os “templos” da Educação e da Cultura, que precisam ser centenas, ou milhares…“, finaliza Alceni.

4
jun

Queda no preço do gás internacional acelera construção de gasoduto no PR

Fonte: Gazeta do Povo

Com capacidade do gasoduto Bolívia-Brasil esgotada, projeto prevê importação de gás russo por Paranaguá e criação de um novo duto entre o porto e Araucária até 2017

Com a capacidade de distribuição do Gasoduto Bolívia-Brasil no Sul do país praticamente esgotada, o setor produtivo do Paraná precisa de alternativas para que a falta de abastecimento no futuro não atrapalhe o desenvolvimento industrial do estado. Em função deste panorama, uma delas deve ser acelerada: o estado planeja construir um terminal de regaseificação de gás natural liquefeito (GNL) em Paranaguá e um duto ligando o porto a Araucária. A ideia é importar o produto da Rússia, processá-lo no terminal e distribuir pelo estado até 2017.

O plano não é de hoje, mas a alternativa só se mostrou viável com a queda do preço internacional do gás nos últimos anos. “Com o aumento da oferta mundial, é possível fazer esta operação a um preço competitivo”, garante o presidente da Compagas, Luciano Pizzatto. Estima-se que seja possível trazer o combustível da russa Gazprom no mesmo patamar dos U$S 12 por MMBTU cobrados pela Petrobrás hoje.

A fase inicial do projeto já saiu do papel. A licença ambiental para que o gasoduto seja puxado do litoral está correndo – deve ser aprovada até o final do ano – e algumas empresas como a Andrade Gutierrez e a Techint demonstraram interesse no projeto, que funcionaria como uma parceria público-privada (PPP). A ligação entre o terminal e a unidade da companhia em Araucária deve custar cerca de R$ 400 milhões. Read moreRead more

4
jun

UNE prepara campanha por mais verbas para a educação

Fonte: Agência Brasil

A União Nacional dos Estudantes (UNE) inicia neste mês a Jornada Nacional de Lutas com passeatas e manifestações para aprovar projeto que destina o equivalente a 10% de tudo o que o país produz – Produto Interno Bruto (PIB) - à educação.

Segundo o presidente da UNE, Daniel Iliescu, a jornada vai terminar no dia 28 de agosto, com uma manifestação no Senado pela aprovação do Plano Nacional de Educação (PNE), que destina 10% do PIB para políticas educacionais e estabelece obrigações a serem cumpridas nos próximos dez anos. O projeto passou pela Câmara e está em tramitação no Senado.

No último dia 28, depois de adiamentos seguidos, a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senadoaprovou o relatório do senador José Pimentel (PT-CE) com a proposta do PNE. A proposta teve a inclusão de uma meta intermediária – aprovada na Câmara – que estabelece que 7% do PIB sejam investidos em educação. Pelo texto do Senado, a exigência seria feita a partir do quinto ano de vigência do plano e a obrigação de 10% só seria exigida a partir do décimo ano. Read moreRead more

3
jun

OIT: mercado de trabalho nos países em desenvolvimento tem evolução positiva

Fonte: Agência Brasil

Países desenvolvidos, por outro lado, estão em uma situação que pode se tornar “preocupante”, a despeito da recuperação econômica desde 2009, ano em que começou a crise financeira internacional

O contexto econômico mundial e seu impacto sobre o mercado de trabalho tem registrado evolução positiva nos países em desenvolvimento como o Brasil, constatou a Organização Internacional do Trabalho (OIT) no relatório O Mundo do Trabalho 2013: Reparando o Tecido Econômico e Social, divulgado hoje (3).

Os países desenvolvidos, por outro lado, estão em uma situação que pode se tornar “preocupante”, a despeito da recuperação econômica desde 2009, ano em que começou a crise financeira internacional. De acordo com o documento, na América Latina e no Caribe, registrou-se em 2012 taxa de emprego, em média, 1% superior à de 2008, ano anterior à crise. Na região, essa taxa atingiu 57,1% ao fim de 2012.

“Nos países em desenvolvimento, o desafio mais importante é consolidar os recentes progressos na redução da pobreza e da desigualdade”, informou, em nota, o coordenador do relatório, o diretor do Instituto Internacional de Estudos de Trabalho da OIT, Raymond Torres. A organização citou o estabelecimento de um piso salarial – por meio da fixação de salários mínimos – e de políticas de proteção social como essenciais para a situação atual desses países. Read moreRead more

3
jun

Senado começa a votar este mês a reforma do Código de Defesa do Consumidor

Fonte: Agência Brasil

No ano em que completa 23 anos, o Código de Defesa do Consumidor pode ganhar avanços importantes. Considerada uma lei forte e respeitada, no Senado, os parlamentares dizem que o que está em discussão na Casa é uma atualização da lei. A expectativa é de o relatório do senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES) ser votado na comissão temporária que trata do assunto ainda na primeira quinzena deste mês.

“A questão central é você considerar a legitimidade de todos os segmentos que participam desse debate e construir uma legislação equilibrada. O ponto central é não agir com radicalismo porque se você agir com radicalismo, você marca uma posição, mas não faz a legislação avançar”, avaliou Ferraço.

Para não contaminar os assuntos, além de manter, em projetos de lei separados, as três sugestões sobre superendividamento, ações coletivas e comércio eletrônico, feitas por uma comissão de juristas presidida pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça, Herman Benjamin, Ferraço vai incluir, pelo menos, mais duas novidades na atualização: um projeto que prevê o fortalecimento dos Procons e outro que trata da publicidade infantil.

Apesar da decisão do relator, o presidente da comissão, senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), considera que este último tema é polêmico e não foi discutido suficientemente a ponto de avançar. Suécia, Dinamarca, Noruega, Inglaterra, Bélgica, Austrália e Canadá são exemplos de países que proíbem a publicidade voltada a esse público. No Brasil, o tema divide opiniões. Read moreRead more