Skip to content

Archive for maio, 2013

31
mai

Saúde amplia assistência à gestação de alto risco

Fonte: Agência Brasil

O Ministério da Saúde informou que vai investir na ampliação e na qualificação de serviços especializados em atendimento a gestantes que passam por gravidez de alto risco. A portaria que amplia a oferta de maternidades e garante atendimento às gestantes e aos bebês foi publicada hoje (31) no Diário Oficial da União. A estimativa é que sejam investidos R$ 123 milhões ao ano e que 390 mil grávidas sejam beneficiadas.

O ministério informa que existem 196 maternidades de referência em gestação de alto risco habilitadas pelo governo. Com a portaria, a expectativa é que o número chegue a 390, enquanto o número de leitos qualificados atinga 2.885 até 2014. As maternidades habilitadas para alto risco tipo 1 (menor complexidade) e alto risco tipo 2 (maior complexidade) vão receber valores diferenciados por cada procedimento – partos e cesarianas em gestação de alto risco.

O texto prevê o repasse de incentivos por cada leito obstétrico classificado como de alto risco. Os leitos reservados para atendimento de alto risco vão receber incentivo de R$ 220 por diária, enquanto os novos leitos obstétricos habilitados receberão R$ 220 de incentivo mais R$ 260 correspondentes aos procedimentos diferenciados. Read moreRead more

30
mai

Onze capitais brasileiras têm reajuste na tarifa de ônibus em 2013; veja lista

Fonte: G1

Levantamento do G1 mostra valores das passagens nas capitais e no DF.
Recife e São Paulo têm as maiores tarifas; BH e Brasília, as menores.

O Rio de Janeiro se torna neste sábado (1) a 11ª capital brasileira a ter aumento na tarifa de ônibus municipal em 2013. Segundo levantamento realizado pelo G1, com base nos dados disponibilizados pelas prefeituras, os preços dos ônibus aumentaram neste ano em Aracaju, Curitiba, Fortaleza, Goiânia, João Pessoa, Manaus, Natal, Recife, Rio de Janeiro, São Paulo e Vitória.

Já Cuiabá e Belo Horizonte reajustaram suas tarifas em 28 e 29 de dezembro, respectivamente.

O aumento mais neste semestre recente ocorreu na capital fluminense, onde a tarifa de ônibus passa a vigorar, a partir de 1º de junho, com um acréscimo de 7,2%. O preço passa de R$ 2,75 para R$ 2,95. A alteração foi publicada no Diário Oficial da cidade do Rio no dia 29 de maio.

Na capital paulista, o novo valor da tarifa, que passou de R$ 3 para R$ 3,20, também começa a valer em junho. No Recife, os preços dos ônibus variam hoje de R$ 1,50 a R$ 3,45 dependendo da linha, respectivamente o menor e o maior valor de passagens entre as capitais.

Junto de Belo Horizonte, com ônibus que vão de R$ 2 a R$ 2,80, Brasília também possui uma das menores tarifas, de R$ 1,50 e R$ 2 para circulares, e que pode chegar a R$ 3 entre o Plano Piloto e as regiões administrativas. Os valores na capital federal não mudam desde 2005. Read moreRead more

30
mai

Sistema de redução de ruídos pode deixar internet mais confiável e rápida

Fonte: FolhaPress

Segundo estudo, as conexões poderiam se tornar 400 vezes mais rápidas que o Google Fiber, serviço de banda larga do Google, que já oferece 1 Gbyte de dados transmitidos por segundo

Pesquisadores de Nova Jersey (EUA) descobriram que o mecanismo de redução de ruído utilizado em fones de ouvido poderia ser usado para aumentar a confiabilidade e a velocidade da conexão da internet.
Segundo um estudo publicado na Nature Photonics, as conexões à internet poderiam se tornar 400 vezes mais rápidas que o Google Fiber, serviço de banda larga do Google, que já oferece 1 Gbyte de dados transmitidos por segundo.

Fones de ouvidos com a tecnologia dispõem de um microfone que capta ruídos externos -como o barulho do aspirador, em casa, ou o som das turbinas do avião, no caso de uma viagem aérea- e emitem uma frequência inversa da registrada, cancelando-os.

A ideia seria reproduzir o procedimento em cabos de fibra ótica, trocando as ondas sonoras pela luz (é através dela que os dados são transmitidos). Read moreRead more

29
mai

Desconto na conta de luz será incluído em outra MP, diz Gleisi

Fonte: G1

Ministra da Casa Civil afirmou que Dilma também editará decreto.
Senado não votou o tema porque medida chegou depois do prazo.

A ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, disse nesta quarta-feira (29) que o governo recebeu uma “proposta” do Congresso Nacional – com a qual concordou – para incluir como emenda de outra medida provisória o dispositivo que assegura descontos na conta de luz.

A medida provisória 605/13, que trata do assunto, foi aprovada pela Câmara, mas o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), se negou a colocá-la em votação porque chegou à Casa a menos de sete dias da data do vencimento. O prazo de sete dias foi estipulado pela Mesa Diretora do Senado. A MP tem vigência até a próxima segunda (3).

A medida provisória permite o uso de recursos da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) para subsidiar descontos nas contas de luz das indústrias e dos consumidores residenciais.

Diante da impossibilidade de votar a MP no Senado, o colégio de líderes do Congresso propôs ao governo incluir o subsídio do desconto na conta de luz como emenda da medida provisória 609, que trata da desoneração de itens da cesta básica, segundo informou a ministra Gleisi Hoffmann. Read moreRead more

29
mai

Mais de 65% dos candidatos no Enem estão isentos da taxa de inscrição

Fonte: Agência Brasil

Mais de 65% dos inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) estão isentos da taxa de inscrição. De acordo cálculos feitos pela Agência Brasil, com base nos números divulgados pelo Ministério da Educação (MEC), mais de 5,2 milhões de candidatos não terão de pagar a taxa.

A isenção vale para estudantes concluintes do ensino médio em escolas públicas ou que têm renda mensalper capita inferior a um salário mínimo e meio. Das 7,8 milhões de inscrições, 395 mil foram pagas e pouco mais de 2 milhões ainda aguardam pagamento. Os candidatos devem pagar a taxa de R$ 35 até hoje (29) em uma agência do Banco do Brasil. A inscrição só é confirmada após o pagamento.

No ano passado, o exame custou R$ 46 por pessoa. Se todas as 7.834.024 milhões de inscrições forem confirmadas – ou seja, taxas pagas e isenções confirmadas – multiplicadas pelo valor por aluno de 2012, ocusto aproximado com o exame será R$ 360,3 milhões.

De acordo com o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, o Enem custa três vezes menos do que os vestibulares regulares. Atualmente, 119 instituições públicas de ensino superior aderiram ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que possibilita o ingresso de estudantes nas universidades com a nota do Enem e permite também economia com os sistemas de seleção. Read moreRead more

29
mai

Economia brasileira cresce 0,6% no 1º trimestre, diz IBGE

Fonte: G1

Agropecuária cresceu 9,7%, a maior alta desde o 2º trimestre de 1998.
Na comparação com igual período de 2012, alta do PIB foi de 1,9%.

A economia brasileira cresceu 0,6% no primeiro trimestre deste ano, na comparação com os três meses anteriores, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado é exatamente igual ao do crescimento do quarto trimestre do ano passado. Em valores correntes, o Produto Interno Bruto (PIB) alcançou R$ 1,11 trilhão.

O crescimento do PIB do país nos primeiros três meses de 2013, contudo, veio abaixo do esperado por economistas ouvidos pelo G1, que estimavam aumento entre 0,8% e 1%.

Em todo o ano de 2012, a economia do país cresceu 0,9%.

Na comparação com igual período de 2012, a alta do PIB brasileiro entre janeiro e março foi de 1,9%. No acumulado dos quatro trimestres terminados no primeiro trimestre de 2013, o PIB registrou crescimento de 1,2% em relação aos quatro trimestres imediatamente anteriores.

Indústria cai 0,3%
A indústria, porém, caiu 0,3% sobre o trimestre imediatamente anterior. A queda foi puxada pela extrativa mineral, que registrou recuo de 2,1%, diz o IBGE.

Os setores de construção civil e eletricidade e gás, água, esgoto e limpeza urbana registraram leve queda de 0,1%. A indústria de transformação, por sua vez, registrou aumento de 0,3%.

Com relação ao mesmo período do ano passado, a indústria contraiu 1,4%. A indústria extrativa, nessa comparação, declinou 6,6%, afetada pela queda na extração de petróleo. A construção civil também apresentou queda, de 1,3%.

A indústria de transformação caiu 0,7%. O resultado foi influenciado pelo declínio da produção de máquinas para escritório e equipamentos de informática, metalurgia, químicos inorgânicos, produtos farmacêuticos, têxtil e artigos do vestuário, diz o IBGE. Read moreRead more

28
mai

Aeroportos precisarão de R$ 34 bilhões de investimentos nos próximos 17 anos, diz estudo

Fonte: Agência Brasil

Em 2030 o Brasil terá uma demanda anual de 312 milhões de passagens aéreas por ano, segundo estudo da Fundação Getulio Vargas divulgado hoje (27). Para poder atender a esse fluxo serão necessários investimentos entre R$ 25 bilhões e R$ 34 bilhões, de acordo com o trabalho elaborado pelo Grupo de Economia da Infraestrutura & Soluções Ambientais da instituição. Atualmente a oferta dos 20 principais aeroportos do país é cerca de 130 milhões de passageiros por ano.

O estudo leva em consideração o crescimento expressivo do setor, que a partir de 2004 começou a expandir o número de passageiros em taxas superiores a 10% ao ano. “O Brasil, pela primeira vez, teve um sinal de massificação do transporte aéreo”, disse o coordenador do grupo, Gesner Oliveira, ao indicar o aumento da renda, o aumento da oferta de crédito e a redução real dos preços das passagens como fatores responsáveis pelo fenômeno.

O grande crescimento no número de usuários não foi acompanhado, no entanto, por uma expansão da infraestrutura aeroportuária. O levantamento cita, por exemplo, que no Brasil são feitos em média 38 pousos e decolagens por hora, apenas 43% da média internacional.

Por isso, para viabilizar os investimentos que preparem os terminais para o tamanho da demanda,  o estudo aponta para a necessidade de um modelo de concessões de aeroportos que garanta a concorrência no setor. Foram analisados dois modelos de privatização: o adotado pelo Reino Unido e pela Austrália. Read moreRead more

28
mai

Richa autoriza reajuste de 6,49%, em parcela única, para o servidor estadual

Fonte: Agência de Notícias do Paraná

O governador Beto Richa encaminhou para a Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (27/05), anteprojeto de lei que autoriza o pagamento do reajuste anual do salário dos servidores do Estado em parcela única. O percentual de 6,49% será aplicado sobre o valor do salário de maio.

A medida beneficia cerca de 291 mil servidores ativos, inativos e pensionistas e terá impacto mensal de R$ 68,6 milhões na folha do funcionalismo, que atualmente é de cerca de R$ 1,07 bilhão. A mensagem substitui texto anterior que estava em tramitação no legislativo.

O reajuste proposto no projeto de lei não se aplica às carreiras da Polícia Civil que já tiveram reajuste geral anual em 2013. Servidores que ocupam cargos de provimento em comissão também não terão reajuste.

27
mai

A poucas horas do fim do prazo, Enem tem quase 7 milhões de inscritos

Fonte: Agência Brasil

A poucas horas do fim do prazo de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), às 23h59, o número de candidatos bateu recorde. Até as 18h07, eram 6.856.006 inscritos, de acordo com o Ministério da Educação (MEC). O número supera não apenas os candidatos confirmados em 2012 (que pagaram a taxa de inscrição ou isentos), um total de 5.971.290, mas também a quantidade de inscritos no ano passado, 6,495 milhões. A média de inscrições tem sido de aproximadamente 700 por minuto, número de acordo com as expectativas para o último dia.

Os três estados com maior número de inscrições até as 16h eram São Paulo, com 1.030.658; Minas Gerais, com 731.901; e Bahia, com 482.799 candidatos.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que organiza o exame, informou que possíveis problemas de lentidão ou travamento podem ser causados pelo provedor utilizado pelo candidato. A pasta diz que a infraestrutura da rede do MEC está funcionando normalmente e recomenda que os candidatos insistam, caso tenham problemas. Read moreRead more

27
mai

Alep aprova projeto que limita justificativas de falta dos deputados

Fonte: Gazeta do Povo

A proposta, que foi criada para dar mais clareza ao Regimento Interno da Alep, passará por uma segunda votação nesta terça-feira (28)

A Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) aprovou por unanimidade nesta segunda-feira (27), em primeira votação, o projeto de resolução que limita as possibilidades de justificativa de ausência dos deputados estaduais nas sessões plenárias. A proposta, que foi criada para dar mais clareza ao regimento interno da Alep, passará por uma segunda votação nesta terça-feira (28).

Se a resolução for aprovada, parlamentares que acompanhem o governador em viagem; estejam em evento fora da capital com ministro de Estado; ou estejam representando a Assembleia em missão terão o direito a justificar a falta. As ausências por motivo de doença também serão justificadas, mas apenas com apresentação do atestado médico. O projeto também quer terminar com as votações desnecessárias em plenário de requerimentos justificando as faltas com atestado em plenário.

A proposta prevê ainda que os deputados possam abonar apenas uma falta sem justificativa. Nesse caso, o presidente da Casa pode “perdoar” a falta mediante requerimento do parlamentar. O regimento da Alep prevê descontos de 1/30 (um trinta avos) nos subsídios por sessão que o parlamentar tenha faltado. “Dizer que o deputado pode ou não faltar em determinados casos é bastante redundante. Na verdade, todos temos que comparecer, acompanhar as sessões. Seria interessante que não precisássemos estar votando e debatendo uma proposta dessa”, declarou o deputado Tadeu Veneri (PT), líder da bancada de oposição na Alep. Read moreRead more